quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

FECHADURA


Encarcerado estais em mim
Feito milhões de segredos
Fechei esse coração assim
Matei turbilhões de medos.

Como perdi a chave. Ou melhor,
Como roubei teu coração. . .
Como libertar-me desse amor?

Fechada também estou!
Definitivamente encerrada. . .
Nenhum de nós se libertou
Acorrentado! Encarcerada!

Perdi a chave desse coração,
Que não quer abrir a porta
Para outra vez jorrar emoção!
-
Clécia Santos

Um comentário:

Obrigada pelo o comentário, que sempre vem acompanhado de carinho!

Bjos...