terça-feira, 31 de agosto de 2010

PROSA: MEU EU EM LUTO...


Não caiu a ficha ainda, eu sei...
Está um pouco distante, isso.
Os anjos espirituais dizem: Calma!
A luz ilumina minhas dúvidas: Ter fé!
Mas a lembrança, essa sim: Não apagará!
Tenho um pedaço do coração aqui,
O outro pedaço, se encontra do outro lado.
Pois é, meu pai, a sua ida nessa viagem,
Mexeu um pouco comigo..
Meu luto não é superficial,
Aquele de colocar a cor negra junto.
É um silêncio interno, onde a fala sai da alma,
Uma conversa agora que confundo
Se está escutando, observando, silenciando,
Aprovando ou desaprovando, nem sei!
Só sei que meu eu está em luto: Te amo, viu?

-Angel-

POEMA: AMOR CIGANO


Meu amor é fogo!
Vem me consumindo
Acorrentando o coração.
Feito uma lâmina
Afiada, lapidando
Tua face assim
Noites e dias!
Insano, meu amor
Dança, se lança
Fogo de meu desejo
Feito um feitiço...
E danço ao facho
Que ilumina a chama
Ardente dessa paixão!

-Angel-

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

PENSAMENTO: O OLHAR...


Todo olhar revela um pouco
do mistério guardado na nossa alma...

-Angel-


POEMA:DELICADA


Pousarei leve
Sob tua pele
Pluma, nuvem,
Sonho talvez....
Quase pensamento
Telepática...Nem pediria
Alguma licença
Roubaria sonhos também
Só pararia
Madrugada súbita
De leve sono!

-Angel-

POEMA: COMPLICADINHO


Não tente entender os sentimentos
Eles são anormais para quem se acha"normal".
O complicado é perfeitamente entendido
Quando se trata do sentimento de amor.
Basta o simples olhar perdido
Que nunca é por outro confundido.
O complicado é explicar que é amor
As palavras e as justificativas
Tornam-se barulhentas e desnecessárias.
O amor é amar mesmo...
O complicadinho é que ele é envolvente!

-Angel-

domingo, 29 de agosto de 2010

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

POESIA: RONDAS

Um olhar...O teu.
Um toque...Tuas mãos.
Um beijo...Teus lábios.
Amar...O teu olhar.
Amada...A tua voz.
Amante...O teu silêncio.
Minha pele...Tua química.
Meu desejo...Tê-lo seduzido.
Meu sonho...Sonhar contigo.
O meu corpo...Teu perfume.
O teu corpo...Meu perfume.
O paraíso...Teu abrigo.
Rondas...Por onde sigo.
Rondo...Por onde andas.
Rondas? As nossas?

-Angel-

PENSAMENTO: SONHOS,FLORES E ÁGUA


Não deixe que teus sonhos...
Sejam flores na água.
Invista sempre no...
Amor!

-Angel-

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

POEMA: A MÚSICA...



O quê se passa na lembrança de cada um da nós?
A viagem é própria, inerente a vivência passada
Que não deixa de ser lembrada. A música...
Tem esse dom, trazendo de volta, nossos retornos.
Repassado na memória, o filme de nossas histórias
Sem interrupções...Um jogo do real, dos sonhos, da  vida!
Filme que se passa leve, como a imaginação gosta de ser...
Aproveitando cada acorde fraco ou forte
Deletando o sofrer do pensamento, amansando os nervos,
Num destilar do agora e do sempre, a lembrança.
A música sim, é o divino acorde imediato
Entre o reflexivo, o consciente e até o subconsciente!

-Angel-

POESIA: SONHOS E SONHOS


Um sonho se destacou das pétalas do jardim
Criou nuvens, asas, sopros, ventos e partiu.

Um sonho se deseja, se imagina, se energiza,
Cria forma, consentimento, consciência.

Torna-se subitamente vivo, real,
A imaginação tomou conta dos desejos.

Mas há sonhos cósmicos, exóticos,
São só sonhos por sonhos...

São aqueles que se destacam de pétalas,
Criam nuvens, asas, sopros, ventos e partem.

-Angel-

terça-feira, 24 de agosto de 2010

POEMA: VERSO E REVERSO



Nesta noite não quero o frio de meu quarto,
Nem a solidão que me aperta o lábio
Percorrendo todo meu corpo no arrepio
A medida exata de eterno silêncio.

Nesta noite quero o calor de seu corpo,
Encontrando o meu pensamento solto
Louca de vontade de seu abraço,
Percorrer o seu perfume todo...

Para acalmar as batidas de meu coração
Quero ouvir a sua voz apaixonada
Dizendo "palavrinhas" carinhosas
Só para convencer a minha emoção.

Nesta noite não quero a paz dos meus lençóis.
Quero o desalinho deles e você por enlace
Embaraçando o desenrolar de nossos corpos...
Assim, o calor da noite seria verso e reverso.

-Angel-

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

PENSAMENTO: O AMOR É ASSIM...


Nas asas do amor,
A imaginação voa...
O real e o sonho se deleitam,
Não existe o pouso no fim,
Pois ele alça infinito!



-Angel-

domingo, 22 de agosto de 2010

POEMA: A DOR DA SAUDADE


Como se suspira uma dor?
O quê fazer em meus delírios, para esquecer?
Como é realmente dura a saudade!
O principal vazio da ausência
É que ele se incorpora nas células,
Se impregna de um amor inexplicável,
Intrínseco e verdadeiro.
E como algo vivo, permanece...
Latente, derramando lágrimas,
Aquelas caladas. Já ouviram falar delas?
A dor do silêncio, a dor da saudade.

-Angel-

PENSAMENTO: NUVENS


Mesmo que este dia amanheça nublado,
Observe através da janela,
A luz está presente, iluminando...
A vida e os sonhos.

-Angel-

sábado, 21 de agosto de 2010

Sampa Crew - Amo Você (A Carta)


PALAVRA...

A palavra tem a força da luz
Iluminando as dúvidas
Rompendo as sombras
Revelando as penumbras.
O amor, só o amor
Além do próprio eco da palavra,
Tem esse propósito de ser fortaleza.
Como não ouvir um apelo do amor?
Nem mil palavras são traduzidas
Nas chances que o amor se revela.

-Angel-

POEMA: ONDE HABITAS?


Onde se encontra o teu pensamento?
Nos sonhos achados ou perdidos?
Se pensar só um pouco...
Verás que estarei também nele.
E se digo que habitas em mim
É porque na teimosia de "removê-lo"
Habitas aqui dentro...
Como uma canção onde as cordas
Insistentes de uma guitarra tocam
Repetidas vezes os nossos encontros
Que já viraram cenas de um clipe(...)

-Angel-

POEMA: FURTIVO ANJO...


Um anjo passou rapidinho por mim,
Sorria em suas brincadeiras de criança
Corria nos meus sonhos de infância
Roubava-me de meu jardim, flores.
Não pediu nem licença...
Com seus cabelos louros
Em meio as tranças
Deixou-me a vaga lembrança
De que levou-me para a distância
A mais bela flor do jardim,
Aquela de cor rara e azul
Que expelia amor sem fim
Exalava pelos quatro cantos
Perfume o dia inteiro...
Quem não deixa de lembrar?
O anjinho me levou a flor
Que respondia-me quando chamava
-Cadê você meu querido pai?

-Angel-

"In memorian" ao meu amado pai, falecido em 19/08/2010.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Vangelis - Love Theme



ASTERÓIDE EM CHAMAS...

A viagem astral poderia ser infuenciada por nós,
Seduzidos pela beleza estrelar...Encantados,
Abduzidos pelo olhar do universo.
A estrada seria prateada, cantada em prosa e verso
Onde a cada paisagem, uma extasia apropriada,
Um deslumbramento de luzes e cores...A libertação!
O renascer em chamas de um asteróide
Que rompe-se na madrugada, atira-se,
Solta uma energia única, poética, atraente,
Atraida paixão entre a sua chama e ondas do mar ou amar?

-Angel-

POEMA: SEUS OLHOS


Encontro-me sem rumo
Acuada, hipnótica
Visão de claros abismos
Vício de minha retina
Perdição de minha vida!
Costume de meus olhos!
Amá-los? Venerá-los?
O que fazer?
Guardá-los, escondê-los,
Lembrá-los, sonhá-los!

-Angel-

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

POESIA: CASTELO DE PÉTALAS


Onde se encontra a beleza das pétalas?
Onde me vejo? Seria o silêncio da maciez?
O venerar da paz? O não ou sim da rosa?
O ouvir dos pássaros indicando é dia?
Oh! Covarde vontade de ficar assim!
Deitada, encostada em mim, adormecida
Encantada rosa que me incrusta
Entre espinhos e realidade rústica.
Mas onde encontra-se o meu tormento?
Seria na seiva que circula em pétalas?
Ou no sangue que circula em minha alma?

-Angel-

domingo, 15 de agosto de 2010

POEMA: MEU SILÊNCIO



Na vida existem momentos bons e difíceis.
Mas a sombra de que dúvidas não existem
Em cada momento da nossa vida...
Quando uma situação é prevista e real,
Ainda deixa a sensação de que a dor,
O transtorno e as mudanças são intransferíveis.
Ocorrem, dilaceram, cansam,
Consumem o pensamento.
Então o momento é delicado,
Entregamos para a fé a resolução.
Deus acima do que passa-se por aqui,
Nesse silêncio, nesse momento tão dele!

-Angel-

Ninguém - Sampa Crew

O AMOR... Ah! O AMOR!

Há um sentimento que não muda
Se renova com força...
Inexplicavelmente volta
Exalta o corpo e alma.
Que mesmo diferentes,
O corpo é química...
A alma é desejo
E o amor é vida!

-Angel-

sábado, 14 de agosto de 2010

POESIA: BORBOLETAS LIVRES...



A poesia que vejo em borboletas,
Está na liberdade que elas têm de partir
Deixando um rastro pelos céus
De que são delicadamente livres!

É maravilhoso sentir o gosto dos ventos,
A paz que o amor reflete...
Deixa a impressão de que sou borboleta,
A liberdade de ser assim, me completa!

E não desejo parar, quero vagar,
Deliciosamente sentir que em minhas asas
Todo o azul do céu entre o mar...
Não existe limite para sonhar e amar!

-Angel-

PENSAMENTO: DECIFRAR


Hoje, realmente estou sem entender o que sinto...
Talvez bastasse só uma maneira para decifrar,
Aquela que em teus braços quero ficar
E por devaneios viajar, luzir e amar!

-Angel-

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

SONETO DA SAUDADE



Não quero pensar em saudade
Mas a lembrança de teu olhar
Entrando em minha alma é verdade,
Recarrega meu momento: Te amar.

Não quero pensar em distância
Nem sofrer com o medo da solidão
Mas os dias se alongam na tua ausência,
Loucas horas de dúvidas e desilusão.

Quero lembrar da essência que ficou
Perfume que permance de tuas mãos,
Doce passeio pelo meu corpo que marcou.

Quero lembrar do que sentimos, a paixão!
O gosto ardente dos beijos e palavras trocadas,
O ressurgir do desejo e da mais sublime emoção!

-Angel-

PENSAMENTO: O OLHAR REVELA


É no silêncio...
Que se oculta
Mil palavras,
Deixemos apenas o olhar
Ser visível para revelá-las!

-Angel-

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

♥Edward Maya ft. Alicia - Stereo Love (Radio Edit)♥



COMO BORBOLETAS NOS SONHOS...

Quero invadir teus sonhos
Como leve borboleta.
Pousar suave teu rosto
Beijar teus lábios sonolentos
Abrigar no teu abraço.
Sem querer acordar,
Adormecer junto, ao teu lado.
Invadir teu sono, aconchegar-me,
Esquecer-me, ser teu pensamento,
Só por esta noite, só por esta noite!

-Clécia Santos-

PENSAMENTO: AMOR É AMOR...


Se seu amor for correspondido
Abrace a ideia de se perder
De amor. A vida está ofertando
Esta dádiva...
Assim, e só assim,
As noites serão prenchidas
De toda a poesia
Que merece!

-Angel-

POEMA: APRENDENDO A APRENDER...


Por seus olhos tanto de ansiedade
A busca da luz...
Um livro que se lê
A vontade de ver
Vivenciar novas experiências.
Aluno, aprendendo a aprender.
Ensinando que a vida...
É conduzida de trocas,
De diálogo, de carinho e amizade.
O aluno é um ser em busca da luz,
Estudante cada dia..
Por todos os dias.

 
-Angel-

Obs: Aos meus queridos alunos e alunas, que passam bons dias junto dessa professora e poetisa.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

POEMA: SOSSEGO


Bem baixinho e aos sussurros
Dê-me PAZ
Abrace de mansinho
Para não machucar
Um coração assim
Tão quente, tão fogo!
Sopres no meu ouvido
Um ar só teu
Aroma só teu!
Seja, mesmo em sonho,
Em pensamento
A acalmaria do meu tormento.
Mesmo assim
Distante e telepático
Me afague sim
Com tua visão!

-Angel-

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

domingo, 8 de agosto de 2010

POEMA: PAI, MINHA ESSÊNCIA


O significado teu, PAI
Foi essencial
Na mnha VIDA!
Cresci, chorei, aprendi
Ao teu lado.
O meu lado essência
De que as letras
Soletrei, escrevi, aprendi.
O teu perfil
Foi para mim
A sombra de QUÊ
O perfume, a mão, o intuito
Permanecem ainda HOJE!
Se de essências somos feitos
A sua morada é aqui
Bem juntinho de meu coração

-Angel-

sábado, 7 de agosto de 2010

POEMA: UM PÉ DE NADA


No meu jardim nasceu uma flor
Muito estranha
Bem desanimada
Origem de erva-daninha.

No meu jardim nasceu uma flor
Que tem estranha
Cor desanimada...

Quando botão é rosa choque
Como um botão morre
Desabrocha e vira nada!
Se vocês virem por aí...

Uma flor que vira nada
Que pelos ares voa ao desabrochar...
É aquela que nasceu no meu jardim!

-Angel-

Obs: Escrita para despertar aos meus alunos e alunas,  o estudo do Reino das Plantas.

POEMA: A POESIA QUE É AMAR


A busca incansável do amor
É  a  forma poética
Onde as respostas está contida
Na suavidade das rosas,
No ombro que acolhe o carinho,
Nas imperfeições que esquecemos,
Nos dias e noites que sensivelmente
Estamos à espera de algo feliz.
Mesmo que seja por momentos.
O simples "olhar" diferente...
A poesia que é amar!

-Angel-

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

PENSAMENTO: CONTINUIDADE DE SONHOS


Espere que seu dia seja
A continuidade de seus sonhos.
O que seria de nós sem eles?
E encontrar em cada atitude
Algo que o leve ao amor,
Ao perdão, a solidariedade...
Prenchendo assim melhor
Seus dias, todos os dias!

-Angel-

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

POEMA: QUÊ SENTIMENTO É ESSE?


Um sentimento que não se descreve...
Palpita-se apenas palpita-se
Numa urgência crescente
A dor incontida, incansável
Veneno saboreado pouco à pouco...
Escorre pelas veias da emoção.

Um sentimento que não se descreve...
Incendeia-se apenas incendeia-se
Numa busca veemente pelos olhos
Que se encontram e isso basta.
O corpo à corpo é saboreado desejo...
Química louca e paradisíaca!

-Angel-

Paciência - Lenine



RITMO...

Agora! Palavra profana
Que se rebela
Que nada diz de exato.
E se ainda me espanto
Nas trilhas desse ritmo
E se perco a noção
Por desatenção do medo,
É porque os grilos que tilintam
São efêmeros e habitam
Por pouco tempo
Os neurônios desavisados.
E o agora é tão presente...
Que jamais saberemos
O quê virá por amanhã.

-Angel-

POEMA: PENUMBRAS


Há em nossa alma
Tanto de sonhos!
São leves sombras
Sonolentas
Penumbras
Alvas brumas
Suave dança
De medos e lembranças
Um espectro lua
Numa terra só nossa
Por silêncio habitado!
São frutos mais eloquentes
Do que chamamos
Sim sou EU!

-Angel-

A Alma da Mulher- Zé Ramalho



LIVRE POR SER LIVRE...

Minha alma é voo sem fim
Brilho de estrela,
Em noite sombrias.
Água a correr por rios
Sangra cordilheiras
Ao encontro dos brios.

Minha alma é livre a vagar
Por sonhos indescritíveis
Beirando o verde
Numa esperança
Que escorre de mim...
Andarilha, amante, almejada.

Minha alma é solta
Libertina dos anseios
Ousada, suave, livre...
Livre por ser livre,
Como a pluma
Que se inspira os poetas.

-Angel-

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

POEMA: ÊXTASE

                                                                        
Entre nós, o perigo eminente
O proibido excitante,
A dúvida de ficar e partir.

Entre nós, a felicidade
É momentânea...
O tempo é pensamento.

Entre nós, as carícias
São o tempo...
O deslize de agora.

Entre nós, o amor
É tempestivo...
Nos desalinhos da paixão.

Entre nós,  a emoção
É êxtase que não se cansa.
Que fica como eterna lembrança.

-Angel-



Tu Levaste Minha Vida - Tony Carreira


À DERIVA...

Beirando um minúsculo pensamento,
Palpito cores, emoções, vidas...
Estou como um grão aos ventos
Esperando uma paisagem fixa
Que não seja miragem
E poder parar lugar seguro.
Assim, mesmo à deriva,
Estacionar meus anseios
Criar raízes, romper folhagens,
Germinar tudo outra vez!

-Angel-



POEMA:NÃO SEI...

                                                                           

Sangro versos, sangro rimas, poesia se esvai
E o perfume que exala das rosas? 
Não sei... Não sei...
O que sai de mim...
São rimas soltas...Versos soltos...
E a brisa do mar? Não sei... Não sei...
O que me abrigo... Meu perigo...Teu abraço.
Na confusão solta de versos sem nexos
Só peço um pouco perdão e tua absolvição!

-Angel-

terça-feira, 3 de agosto de 2010

POESIA: SEIVAR


Encontro-me árvore
Mármore
Fixa
Receptiva
Alegria e medo
Faço e refaço
Natureza divina
Apenas feminina!

-Angel-

Obs: Publicada em Coletâneas de Poesias, vol.66, CBJE-RJ

Love's Theme



RELEMBRO...

A vida roda viva vida
A música minha canção preferida
Um e outro convite especial
Beijos, beijos, beijos,
Pensar, amar, relembrar,
Viajar por teus lábios...
Desejar, desejar, desejar,
Por teu corpo imaginar
A vida minha vida
Roda viva , viva roda
Simplesmente entrelaçada
Em tua vida, dançar...
Dançar, dançar e dançar
Por tua boca apaixonada, beijar!

-Angel-