terça-feira, 29 de novembro de 2011

DELICADA

                                                                                 
Pousarei leve
Sob tua pele
Pluma, nuvem,
Sonho talvez....
Quase pensamento
Telepática...Nem pediria
Alguma licença
Roubaria sonhos também
Só pararia
Madrugada súbita
De leve sono!!

-Angel-

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

SONHO, SUOR E LÁGRIMA


Onde encontra-se a lembrança de teu olhar?
Onde a nossa história se perdeu?
Agora, nem sei se o silêncio entre nós é desatino
Se o que foi resolvido se encontra
Naqueles estágios latentes de amores impossíveis.
E só me vejo inundada de lembranças
Onde o suor, o sonho e a lágrima
Se destinam ao distante abismo de nós
Que se perturba numa noite
Que insiste em manter-me acordada
Revirando histórias e histórias
Que não adianta...
Ainda não consegui tirá-las da mente!
Pois já fazem parte dos meus sonhos...

-Angel-


sexta-feira, 18 de novembro de 2011

REVERSO



A minha sombra é digna
Sobre ela age a lua
Que é iluminada pelo sol.
O que seria eu?
Se a escuridão...
Mesmo "menina"
Não rompesse na luz
Os dias meus?

-Angel-

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

AGRADECIMENTOS


Meus queridos e queridas leitores (as) e maravilhosos (as) seguidores(as)...

Aqui estou para ofertar flores para vocês anjos,
Obrigada pelas lindas visitas e ótimos comentários!
Estive um pouco distante da internet por falta de tempo,
trabalho e também pela conclusão de um longo curso de extensão.
Mas farei o que for possível para postar outros e novos poemas e poesias.
Hoje, apenas o meu muito obrigada pelo carinho
E assim, desejo tudo de paz, amor e felicidades para vocês!
Obrigada pelas visitas nesses dois anos do blogger:
ANGEL- POEMAS E POESIAS.

-Angel-

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

DESPERTA CORAÇÃO!


Deixa se acender
O teu coração
O gelo romper
Da emoção a plenitude
De que és vivo,
De que ainda existes.
Onde o aconchego
Já adormecido
Desperta em abraços
E em beijos, ser exuberante.
Ah! O amor é mais...
É a própria chama da luz
Iluminando o pulsar
A aurora, o calor.

-Angel-

domingo, 6 de novembro de 2011

PLAINAR



A leveza do ser
É bem capaz de encontrar
Asas aos ventos
A liberdade responsável
A envolvente maneira de ser
Livre, libélula, borboleta,
Pluma, plumagem, vento...
O tempo de ser feliz!

-Angel-