segunda-feira, 25 de abril de 2011

DOR DA PARTIDA


Castigo-me entre as flores
Onde as pétalas são espinhos
Talvez assim o meu desejo
Seja o sangrar partidas e perdas
Lágrimas caídas e esquecidas
De um adeus incompleto
De um amor não resolvido.

-Angel-

Um comentário:

  1. "Castigo-me entre as flores
    Onde as pétalas são espinhos"
    PERFEITO!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo o comentário, que sempre vem acompanhado de carinho!

Bjos...